Conhecemos pessoas, até mesmo perfeitos estranhos, que começam a ser interessantes num primeiro olhar. São interessantes, não se sabe como, sem dizerem uma palavra.
Fiodor Dostoievski   (via letargiar)
Tesouros não são apenas ouro e prata, amigo.
Jack Sparrow   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)
Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir… bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração! Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafézinho gostoso agora?
Arnaldo Jabor. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)
A partir de agora vou dedicar minha vida a cuidar de cachorros, ler livros, assistir filmes e tomar café. Investir nas pessoas só da prejuízo.
The wind took everything.  (via delator)
Não é que seja exatamente corajoso, meu coração tem é isso de bom: não ocupa espaço com mágoas e, com o tempo, ele se tornou desmemoriado pra assuntos de frustração. Quando me dou conta, lá está ele amando de novo, sorriso de orelha a orelha, com tal frescor que parece que nunca foi ferido. Dá, sim, pra ver uma cicatriz aqui e ali, outras mais adiante, que cicatriz não morre, mas ele não liga. Nem eu. Não é que seja exatamente teimoso, meu coração tem é isso de bom: gosta de amar. Eu também.
Ana Jácomo  (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)
Amor, o que é o amor? Não creio que se possa realmente colocar em palavras. Amor é entender alguém, se importar, compartilhar as alegrias e as tristezas. Isso pode incluir o amor físico. Você compartilha alguma coisa, dá alguma coisa e recebe algo em troca, seja ou não casada, tenha ou não um filho. Perder a virtude não importa, desde que você saiba que, enquanto viver, terá ao lado alguém que a compreenda, e que não precisa ser dividido com ninguém mais!
O Diário de Anne Frank (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)
Construí amigos, enfrentei derrotas, venci obstáculos, bati na porta da vida e disse-lhe: Não tenho medo de vivê-la.
Augusto Cury.     (via antipoetico)
credit